Instagram

Instalação De Óxido Nitroso Ao Seu Alcance

Instalação De Óxido Nitroso Ao Seu Alcance

Por: Engethink - 15 de Abril de 2021

Leia sobre

A instalação de óxido nitroso demanda a atuação de um profissional especializado em engenharia. Isso porque uma série de cuidados se fazem necessários quando o assunto diz respeito a gases, especialmente aqueles utilizados na medicina. Embora também se trate de um componente utilizado em processos industriais, ele é mais conhecido pela sua importância na medicina e odontologia.

Assim como todo fluído, existem regras para a sua instalação, bem como para garantir a segurança de profissionais e pacientes. É importante seguir a todos os termos de legislação, regularidade e profissionalismo necessários para que, além de preservar as pessoas, seu estabelecimento esteja de acordo com o que é legalmente exigido. Assim você também evita sanções penais e transtornos dessa ordem.

Uma instalação de óxido nitroso pode ser necessária em indústrias ou estabelecimentos de saúde, como consultórios odontológicos. Isso porque múltiplas são suas aplicações e todas elas demandam segurança e eficiência para uso. É por isso que o fluído deve ser parte de um sistema planejado e adequado, conforme as normas legais que regem o tema.

Composto predominantemente por nitrogênio, o óxido nitroso é muito importante em certas situações e, embora não seja tão conhecido popularmente quanto o oxigênio, também tem seu papel no sentido da saúde. Somente profissionais especializados poderão orientar você quanto ao uso e proceder com a instalação do sistema.

Quer entender a instalação de óxido nitroso e todas as suas vertentes? Acompanhe abaixo nosso artigo especial sobre o tema.

 

PRECISA DE INSTALAÇÃO DE ÓXIDO NITROSO? CHAME A ENGETHINK ! CLIQUE AQUI.

Afinal, o que é óxido nitroso?

Estamos falando de um gás incolor, que contém oxigênio e nitrogênio em sua composição. Na medicina, tem propriedades anestésicas. Na indústria, contribui até mesmo para o lançamento de foguetes mas, quando em grande quantidade liberado na atmosfera, acaba por agravar o efeito estufa, visto que a sua presença contribui para a diminuição do gás ozônio.

Entretanto, isso não significa que ele não seja um gás importante também para certos processos na natureza. Ele é produzido pelas plantas, que captam o nitrogênio do ar e o sintetizam em amônia, que é absorvida pelo solo. É aí que surgem os nitratos que, quando em contato com as bactérias do solo, se transformam em óxido nitroso, que serve como matéria prima para que todo o processo ocorra novamente.

Também conhecido como protoxido de nitrogênio (ou protoxido de azoto), o óxido nitroso se forma por duas partes de nitrogênio e uma de oxigênio. Estamos falando de um gás incolor, que é também chamado de gás hilariante. Ele está presente no ar atmosférico mas, ao contrário do oxigênio, por exemplo, não se separa dos demais componentes através de processos de respiração dos seres vivos.

Na verdade, são certas bactérias que vivem no solo as principais responsáveis por sua decomposição. Assim, ele é liberado de volta ao ar. Tal processo se denomina como ciclo do azoto. O óxido nitroso foi descoberto na década de 1770, mas chegou a ser confundido com outros gases sendo que, apenas no final dessa década, foi reconhecido como o que temos hoje.

Para que utilizamos o óxido nitroso?

Como dissemos, o óxido nitroso pode ser extraído da natureza e aplicado a diversos fins. Quer alguns exemplos?

Foguetes – O óxido nitroso pode se aplicar em foguetes, como agente oxidante em seus motores;

Motores em geral – Nesse caso, o gás serve para otimizar a queima de combustível;

Aerossóis – É empregado com um de seus componentes, com efeito propelente;

Anestesia – Também chamado de gás hilariante, é empregado por suas propriedades anestésicas, especialmente na área da odontologia.

Embora aplicado em diversos usos, vamos nos ater a esse último, relacionado a área da saúde. É importante que o gás seja puro, o mais livre possível de interferências para que se possa aplicá-lo com segurança aos pacientes. Há mais de um século, esse gás se relaciona ao processo anestésico, tanto na odontologia, como um dos componentes da anestesia geral na medicina. Com odor e sabor agradável, além do baixo custo na obtenção, seu uso se disseminou nesse sentido.

Por essa razão, em alguns centros cirúrgicos e clínicas, a instalação de óxido nitroso se dá como um componente da régua de gases medicinais. Assim como os demais, certos cuidados no seu manuseio e instalação são indispensáveis, já que ele faz parte de um importante processo em diversos ramos da medicina, a anestesia.

Quais as principais aplicações do óxido nitroso?

Como dissemos, o óxido nitroso se aplica tanto à indústria quanto à saúde. Ele está presente em alguns segmentos específicos e é aí que a instalação pode se fazer necessária.

Instalação de óxido nitroso na indústria

Nesse nicho, um dos principais segmentos que podemos citar é a indústria automobilística. Nos motores de combustão interna, ele promove um aumento da potência, ao mesmo tempo que permite a refrigeração, o que evita as temperaturas elevadas. Dessa forma, podemos dizer que ele atua de modo a otimizar a queima de combustível por motores automotivos.

Se pensarmos um pouco além, podemos dizer que ele também é um agente oxidante para motores de foguetes. De modo geral, vale considerar que um dos seus principais efeitos se dá em motores diversos. De forma menos disseminada, podemos ainda citar a sua aplicação como propelente em aerossóis, o que significa que é ele que impulsiona o conteúdo do frasco quando acionado o spray.

Instalação de óxido nitroso na medicina

Na saúde, o óxido nitroso também desempenha importante papel, especialmente se pensarmos na odontologia. Isso porque ele tem efeito anestésico. Nesse setor, amplamente se aplica nas anestesias. Entretanto, seu uso na medicina vai além. Trata-se de um analgésico, com propriedades anestésicas que pode se administrar por via inalatória.

Dessa forma, certos tratamentos como o de varizes se tornam indolores ao paciente. Isso porque ele inibe, por determinado período, os receptores da dor do sistema nervoso central, proporcionando um resultado anestésico rápido e seguro, visto que há poucos riscos de efeitos colaterais à saúde.

Resumidamente, podemos citar sua aplicação em pequenas cirurgias, exames mais invasivos como colonoscopia e biópsias, controle de dor aguda em pacientes em tratamento, agente relaxante na odontologia, de modo a controlar a ansiedade e aumentar a cooperação do paciente. Na pediatria, pode ainda ter efeito ansiolítico.

Como funciona uma instalação de óxido nitroso?

O óxido nitroso, obtido do ar a partir de processos industriais, se armazena em cilindros específicos. Quando falamos no uso na medicina, é ainda necessário que ele passe por um processo de purificação antes de ser envasado e encaminhado diretamente para uso. Assim, os estabelecimentos que o utilizam precisam contar com um local seguro para armazenar tal cilindro.

Em clínicas, ele pode ser parte de um sistema de gases hospitalares. Nesse caso, o cilindro que citamos fica em uma central de gases medicinais, juntamente com cilindros de outros fluídos, como oxigênio e ar comprimido. Em qualquer dos casos, ele flui a partir do cilindro por uma tubulação específica. Esta, requer a observância denorma técnicas quando da instalação.

Da tubulação, o óxido nitroso é conduzido à régua de gases, ou diretamente às saídas onde se encontram as mangueiras para aplicação. Embora os usos específicos possam ser variados, o funcionamento do sistema é muito similar para todos eles. Outro ponto em comum é que a ação profissional se faz necessária em todos os casos.

Como funciona o sistema de óxido nitroso?

 

O óxido nitroso normalmente se apresenta em cilindros, cuja pressão fica em torno de 50kgf/cm3. Tais dispositivos ficam normalmente alocados na central de gases hospitalares, construída especificamente para esse fim. A partir daí, o gás flui por uma tubulação específica até a régua de gases, ou o bico de saída na sala em que acontecerão as aplicações.

É então que o gás passa a fluir por mangueiras específicas e outros dispositivos, que os levam até os equipamentos que se destinam à sua aplicação. No paciente, ele pode se aplicar de forma inalatória ou intravenosa, sendo um dos principais componentes da anestesia geral.

Uma vez no organismo, ele age diretamente no cérebro, de modo a atenuar a sensação de dor, sem interferir, entretanto, no ritmo da respiração. Também podemos considerá-lo como um agente importante quando o assunto é diminuir a ansiedade do paciente, diante de procedimentos odontológicos, por exemplo.

Como ter acesso à instalação do óxido nitroso?

Pode ser que você já saiba que vai precisar do óxido nitroso em seu estabelecimento, mas não sabe ainda ao certo como ter acesso a ele. Diante de tamanha complexidade e importância do sistema, o melhor caminho é procurar ajuda profissional. Trata-se de uma forma de garantir que a instalação vai seguir a todas as normas de segurança, e que o seu sistema terá acompanhamento especializado.

O primeiro passo é se conscientizar de que o construtor, o pedreiro ou mesmo o arquiteto responsável pela construção de sua clínica não está apto a proceder com essa instalação. O profissional mais qualificado para tal é o engenheiro. A partir daí, é só procurar uma empresa que se especializa nesse tipo de trabalho e solicitar uma visita técnica.

A grande vantagem de proceder assim, é que você receberá assistência para todas as fases, sejam elas da instalação ou do uso do sistema. Uma empresa especializada pode indicar onde adquirir materiais certificados e de boa qualidade, além de desenhar o projeto onde constarão todos os materiais empregados, a localização da central de gases e o caminho que os mesmos seguirão até chegar ao paciente. E também construir o sistema com base em suas reais necessidades.

 

Qual o papel do profissional na instalação?

O engenheiro, profissional responsável pela instalação de óxido nitroso, tem papel decisivo no sucesso do sistema. Isso porque é ele que vai acompanhar você desde o início, a partir de uma primeira visita técnica, onde vocês alinharão objetivos. É aí que ele vai avaliar qual a sua real necessidade e de que forma é possível suprí-la.

É esse profissional que vai desenvolver o projeto, um documento que consiste em um “desenho” de todas as partes do sistema, além da definição de cada item a ser utilizado, bem como seus materiais de composição. O sistema físico será totalmente fiel a esse projeto, o que aumenta a segurança e auxilia em caso de possíveis modificações no futuro. Ainda se realizam testes antes do uso, já que é a saúde do paciente que está em jogo.

Uma vez aprovado, o sistema deverá ainda passar por manutenções preventivas, de acordo com a periodicidade prevista por autoridade responsável em sua região, ou mesmo pela empresa instaladora. Por fim, você ainda precisa de alguém a quem seja possível recorrer caso haja suspeita de algum problema.

Quem pode realizar o serviço?

Há empresas no mercado que atuam no ramo de engenharia especializada e desempenham esse tipo de trabalho. Se, em um primeiro momento, as atribuições parecem muito para um único profissional, lembre-se de que a empresa contará com uma equipe, capaz de oferecer todo o apoio que você necessitar.

 

Qual o papel dessa empresa instaladora?

Após a realização do projeto, é necessário colocá-lo em prática. O importante é que ele seja o mais fiel possível ao que foi determinado no projeto. Quando uma mesma empresa se responsabiliza ambas as etapas, isso se torna praticamente natural. Após a instalação, as manutenções preventivas deverão acontecer de acordo com a periodicidade determinada pelo Corpo de Bombeiros, ou mesmo pela própria empresa instaladora.

Entenda: ainda que tudo pareça correr bem com a sua instalação de óxido nitroso, é necessário fazer as manutenções. Além disso, há empresas que oferecem serviço de assistência técnica, para o qual você poderá ligar, a qualquer momento, quando houver um problema aparente. Trata-se de uma possibilidade que traz segurança e tranquilidade ao usuário do sistema.

Uma instalação de óxido nitroso é coisa séria. Ela precisa seguir às normas necessárias, e ser feita e acompanhada por profissionais competentes e qualificados para isso. Se você está em Belo Horizonte, precisa conhecer a Engethink, que atua no ramo com todos os diferenciais necessários para oferecer um serviço único e efetivo.