Instagram

Empresa De Instalação De Gás: Preciso Dela?

Empresa De Instalação De Gás: Preciso Dela?

Por: Engethink - 12 de Janeiro de 2021

Leia sobre

A necessidade de cozinhar os alimentos sempre moveu o ser humano a buscar inovações nesse sentido. Houve uma época na qual o forno à lenha era praticamente a única maneira de ter um fogão em casa. De lá para cá, as opções evoluíram e se ampliaram tanto, que hoje em dia a empresa de instalação de gás é destaque no mercado.

É claro que, antes de chegarmos a esse modelo, vieram outros passos, como o surgimento do fogão a gás. O que acontece é que, a princípio, o botijão de gás era a principal (ou mesmo a única) forma de abastecer esses equipamentos. Com o passar do tempo e a construção de condomínios, onde há muitas residências, surgiu o gás encanado, que pode ser considerado uma opção muito mais prática e segura.

Quer entender melhor o trabalho e a importância da empresa de instalação de gás em todo esse contexto? Acompanhe a leitura abaixo.

Imagem de Engethink

Quem mora em residências comuns provavelmente já está acostumado com a rotina de substituição dos botijões de gás. Você pode adquirí-los em estabelecimentos específicos e instalados de forma doméstica. Entretanto, além do incômodo de realizar tais trocas (afinal, o botijão pode esvaziar em um domingo às 0h, por exemplo), há os riscos em se manter uma espécie de “bomba” dentro de casa.

É por isso que recomenda-se que, em residências que utilizam os botijões, eles fiquem fora de casa. Em apartamentos, isso seria praticamente impossível. Sem contar a quantidade de botijões dentro de um único prédio, com riscos ampliados de acúmulo de gás em ambientes fechados, diante de qualquer vazamento.

Por essa razão, o modelo mais utilizado em condomínios é o gás encanado. Além de trazer maior conforto e tranquilidade, já que o abastecimento é contínuo, o morador ainda conta com a segurança de um sistema que passa por manutenções periódicas e está em constante monitoramento para garantir a preservação de suas funções.

Por que o gás encanado?

Quem mora em residências comuns provavelmente já está acostumado com a rotina de substituição dos botijões de gás. Você pode adquirí-los em estabelecimentos específicos e instalados de forma doméstica. Entretanto, além do incômodo de realizar tais trocas (afinal, o botijão pode esvaziar em um domingo às 0h, por exemplo), há os riscos em se manter uma espécie de “bomba” dentro de casa.

É por isso que recomenda-se que, em residências que utilizam os botijões, eles fiquem fora de casa. Em apartamentos, isso seria praticamente impossível. Sem contar a quantidade de botijões dentro de um único prédio, com riscos ampliados de acúmulo de gás em ambientes fechados, diante de qualquer vazamento.

Por essa razão, o modelo mais utilizado em condomínios é o gás encanado. Além de trazer maior conforto e tranquilidade, já que o abastecimento é contínuo, o morador ainda conta com a segurança de um sistema que passa por manutenções periódicas e está em constante monitoramento para garantir a preservação de suas funções.

Como funciona o sistema de gás encanado?

O sistema de gás encanado em condomínios normalmente consiste em uma central de gases, onde o GLP (gás liquefeito de petróleo) fica armazenado em cilindros especiais. Dessa forma, de lá, flui através de tubulações para a residência de cada usuário. Todos os componentes do sistema, desde os tubos, até adaptadores, válvulas e registros, precisa ser de alta qualidade e devidamente certificado para tais fins.

Em síntese, vale lembrar que existem dois modelos diferentes de sistema. No modelo individualizado, a tubulação é ramificada diretamente da central para cada apartamento, onde há um medidor, que marca o consumo somente daquele usuário. No modelo coletivo, há um único registro para um grupo de casas ou apartamentos e é a partir dele que flui a tubulação para cada usuário.

Dessa forma, há uma tendência atual de que os locais que ainda utilizam sistemas coletivos, realizem uma individualização. Isso porque as cobranças se tornam mais justas quando cada um paga exatamente pelo que consumiu e também a detecção de problemas e possíveis vazamentos fica mais fácil, podendo ser observada a partir de discrepâncias no consumo.

O que faz uma empresa de instalação de gás?

Uma empresa especializada em instalação de gás é responsável por garantir a segurança e eficiência desse sistema. Ela pode realizar desde o projeto (sim, é necessário um projeto, que consiste em um documento que desenha todo o caminho percorrido pelas tubulações e discrimina os itens necessários com suas respectivas quantidades), seguido pela instalação (que deve ser fiel a esse documento).

Além disso, antes de colocar o sistema em uso, é necessário realizar um teste com ar pressurizado, cuja possível despressurização denota vazamento. Caso ocorra, a empresa precisará encontrar e solucionar o vazamento. Tal ação tem o amparo da lei e também permite observar se todos os componentes do sistema estão, e fato, funcionando.

Também há determinações legais que exigem as manutenções periódicas do sistema. É imprescindível respeitar os prazos determinados por autoridade da sua região, ou pela empresa que fez a sua instalação. A empresa especializada em instalação também pode realizar essas manutenções.

Por fim, ainda que o sistema tenha sido instalado por empresa especializada, conte com componentes de qualidade e certificados e passe por todas as manutenções necessárias, ele não está totalmente imune a possíveis problemas. Dessa forma, é importante que a empresa de instalação de gás também ofereça serviços de assistência técnica, assim você terá a quem recorrer caso algum problema ocorra.

Como escolher uma empresa para fazer a instalação de gás?

Imagem de Engethink

Se você simplesmente pesquisar esse tipo de serviço em algum mecanismo e busca da internet, provavelmente vai se deparar com alguns resultados. É aí que fica a questão: como escolher com consciência e responsabilidade? Afinal, uma empresa que realiza tal serviço precisa ser certificada para isso e contar com profissionais suficientemente qualificados e competentes.

Assim, a primeira coisa que você precisa observar é se a empresa é registrada no CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) da sua região. Esse registro, entretanto, não garante que haja um engenheiro responsável, fator que também é imprescindível para garantir a qualidade e segurança do trabalho realizado. Verifique também essa questão.

Vale lembrar ainda que não basta cumprir a todos os protocolos e requisitos legais. Se fosse assim, a escolha seria, até de certa forma, indiferente. Você precisa priorizar os diferenciais da empresa. Pesquise a formação dos profissionais envolvidos, a experiência no mercado, os cases de sucesso e, se possível, faça uma busca nos sites de reclamações para checar a reputação do local.

Por que contratar a Engethink?

Se você está localizado em Belo Horizonte (Minas Gerais), pode contar com os serviços oferecidos pela Engethink. Aqui, todo o trabalho, do início ao fim, será acompanhado por um engenheiro responsável. Além disso, o seu sistema será personalizado, de acordo com as suas necessidades.

Nossos profissionais vão acompanhá-lo desde a realização do projeto, que será feito levando-se em consideração o que você realmente precisa. Em seguida, cuidaremos para que o sistema real siga à risca o que foi determinado nessa fase. Inclusive, você terá a oportunidade de conhecer o currículo e parte da experiência do profissional designado para acompanhá-lo.

Quer ter acesso a toda essa qualidade? Visite nosso site e conheça nossos serviços!